Nossa Bandeira é o Marajó!!! Junte-se a nós!!!

Notícias

CURRALINHO | Já está na luta por mais educação para a nossa gente marajoara

By Movimento Marajó Forte - segunda-feira, 6 de maio de 2013 No Comments

Vista parcial da plenária. Foto: MMF/Tom Ferreira.

O Movimento Marajó Forte esteve em Curralinho, no dia 27/04, participando da Audiência Pública & Mutirão de Coleta de Assinaturas da CAMPANHA PRÓ-CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARAJÓ, realizada pela Prefeitura Municipal de Curralinho, no Salão Paroquial da Igreja de São João. O evento contou com a participação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Instituto de Artes do Pará (IAP) e, da Casa Fora do Eixo - Amazônia.


Mesa de Abertura. Foto: MMF/Tom Ferreira.


A mesa de abertura foi presidida pelo Padre Raimundo Aguiar, Pároco da Igreja de São João e os trabalhos coordenados pelo Secretário Municipal de Meio Ambiente, Sr. Marcos Baratinha, compuseram a mesa o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Curralinho, Vereador Maradona, a Secretária Municipal de Educação, Profa. Rosieri, a Secretária Municipal de Cultura, Profa. Guida, o Instituto de Artes do Pará (IAP) representado pela Assessora Natália Azevedo, a Casa Fora do Eixo – Amazônia, representada pelo Sr. Paulo Trindade, o Movimento Marajó Forte (MMF) representado pelo seu Coordenador Ricardo Fialho, o Secretário de Trabalho e Emprego do município de Bagre, Sr. Ireno da Costa representando o SENAI.




Os trabalhos foram abertos com a fala dos Secretários Municipais, seguida do Presidente da Câmara de Vereadores, do representante dos Professores, dos representantes dos estudantes do Ensino Fundamental e Médio. Em resumo, em todas as falas foram relatadas as dificuldades enfrentadas pelos estudantes do município de Curralinho que concluem o ensino médio e, não conseguem dar continuidade aos estudos, por não terem acesso ao ensino técnico-profissionalizante e/ou superior no município. Foram relatadas também, as dificuldades enfrentadas por inúmeras famílias, em sua maioria carentes, em custear os estudos de um aluno na capital e por vezes até mesmo em um município próximo onde o ensino técnico ou superior é ofertado. Essa situação, tem deixado muitos jovens curralinhenses sem perspectivas de formação técnica ou superior, contribuindo negativamente para o crescimento pessoal e, trazendo sérios prejuízos para o desenvolvimento social e econômico do município. Os estudantes, mesmo com todas as dificuldades, tem conseguido, com muito esforço, obter boas notas no ENEM e, assim vem conquistando aprovação em universidades públicas. Foi relatado pelos estudantes o caso das faculdades irregulares que se instalaram no Marajó e, que ofertaram cursos superiores, sem o devido registro no MEC, acarretando prejuízos financeiros e morais aos estudantes curralinhenses. Foi pontuado pelos estudantes e professores que a distância e o custeio do ensino em outra cidade ou até mesmo em outro estado da federação, tem sido uma barreira para que os estudantes ingressem no ensino superior. As falas foram unânimes em afirmar que a criação da Universidade Federal do Marajó, com um Campus em Curralinho, seria a solução para a que os estudantes curralinhenses pudessem pleitear vagas em cursos superiores, sem a necessidade de se distanciarem do convívio familiar e do município. E, que a oferta de cursos superiores voltados para atender a realidade marajoara, contribuiria sobremaneira para a formação de profissionais conscientes das demandas da Mesorregião do Marajó e capazes de alavancar e/ou promoverem a transformação social dos municípios marajoaras.


Ricardo Fialho (MMF) apresentando dados sobre a educação no Marajó. Foto: MMF/Tom Ferreira.


O Movimento Marajó Forte (MMF) apresentou dados do censo escolar 2012 relativos à matrícula no Ensino Fundamental, Médio e Técnico-Profissionalizante no Marajó. E, os dados relativos à oferta de vagas no ensino superior na mesorregião do Marajó, que totalizam 360 vagas/anuais (somadas as vagas ofertadas pela Universidade do Estado do Pará e as vagas ofertadas pela Universidade Federal do Pará). Foram apresentadas também as proposições que tramitam no Congresso Nacional referentes à criação da Universidade Federal do Marajó que embasam a CAMPANHA PRÓ-CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARAJÓ.

Secretário de Estado de Agricultura, Hildegardo Nunes, reforçando o seu apoio a criação da Universidade Federal do Marajó. Foto: MMF/Tom Ferreira.

O encerramento do evento, foi feito pelo Secretário de Estado de Agricultura (SAGRI), Sr. Hildegardo Nunes e, pelo Diretor Presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (ADEPARÁ), Sr. Mário Moreira que cumpriam agenda no município. E, aproveitaram o evento para manifestar e reforçar o apoio à campanha pela criação da Universidade Federal do Marajó. Uma vez que, já haviam se manifestado quando do lançamento do Protocolo do Queijo do Marajó, em Belém.


Membros do Movimento Marajó Forte em Curralinho. Foto: MMF/Tom Ferreira.


O Movimento Marajó Forte (MMF) gostaria de externar os sinceros agradecimentos ao Prefeito de Curralinho, Exmo. Sr. Léo Arruda e, a toda a sua equipe de Secretários Municipais e Assessores responsáveis pela organização e realização do evento. O MMF agradece imensamente ao Povo Curralinhense pelo acolhimento, hospitalidade e apoio dispensados a esta importante demanda da nossa gente marajoara.


Forte Abraço & Saudações Marajoaras

Receba postagens por E-mail

No Comment to " CURRALINHO | Já está na luta por mais educação para a nossa gente marajoara "