Nossa Bandeira é o Marajó!!! Junte-se a nós!!!

Notícias

IDH MARAJÓ | Movimento Marajó Forte requer a realização de Sessão Especial na ALEPA e na Câmara Federal para debater os baixos indicadores sociais da região

By Movimento Marajó Forte - segunda-feira, 5 de agosto de 2013 1 Comment
O Marajó tem sido destaque na mídia nos últimos dias, desde que foi divulgado o estudo do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), divulgado na segunda-feira (29) e intitulado "Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013", em que o Pará tem 8 municípios com IDHM muito baixo (ver postagem). E, dentre os quais seis municípios (Afuá, Anajás, Portel, Bagre, Chaves e Melgaço) estão situados na Mesorregião do Marajó. Sendo que o município de Melgaço tem o pior IDHM do Brasil. 


Clique na imagem para ler a notícia.
30/07/2013

Clique na imagem para ler a notícia.
04/08/2013

Clique na imagem para ler a notícia.



Clique na imagem assistir o vídeo exibido no Fantástico.










  




O Movimento Marajó Forte (MMF) como forma de contribuir para que a situação de baixo desenvolvimento, evidenciados pelos dados do PNUD, seja debatida pelo executivo (Federal, Estadual e Municipal), legislativo (Federal, Estadual e Municipal), órgãos fiscalizadores (CGU, MPF-PA, MPEPA, TCM) e demais atores sociais com atuação nesses municípios, apresentou no último dia 31/07/2013, dois requerimentos solicitando a realização de uma Sessão Especial para debater as causas e possíveis soluções para a melhoria dos indicadores sociais na Mesorregião do Marajó. 

Os requerimentos foram apresentados aos parlamentares Márcio Miranda (DEM/PA), Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA) e, ao Deputado Federal Arnaldo Jordy (PPS/PA), membro da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia - CINDRA. No documento o MMF "requer a realização de uma Sessão Especial, para debater as causas e se buscar soluções visando à melhoria dos Indicadores de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de seis municípios da Mesorregião do Marajó (Afuá, Anajás, Portel, Bagre, Chaves e Melgaço) que segundo os dados do Atlas Brasil 2013, elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), estão como “muito baixo” na faixa de desenvolvimento humano. Vale ressaltar que o Município de Melgaço apresentou o pior IDHM do Brasil em 2013, segundo tais dados. A Mesorregião do Marajó há muito vem apresentando baixos indicadores de desenvolvimento, decorrentes principalmente da ausência de políticas públicas voltadas para a região, da má gestão de recursos públicos e, da indiferença dos governantes e parlamentares às mazelas sociais enfrentadas e vivenciadas pela nossa gente marajoara. Povo este, que trava uma luta diária pela sobrevivência e já não aguenta mais sobreviver nessa situação de abandono e indiferença as suas dificuldades.  E, como cidadãs e cidadãos brasileiros, paraenses, deveriam ser dignos e merecedores de atenção as suas demandas como quaisquer outros cidadãos brasileiros e paraenses de outras regiões." 


O MMF espera estar contribuindo, enquanto movimento social, para que os baixos indicadores sociais do Marajó sejam debatidos e, sensibilizem os governantes e legisladores, da necessidade de se buscar soluções para as causas dos problemas, há muito, enfrentados pela nossa gente marajoara. E, diga-se de passagem, de conhecimento de grande parte dos governos municipal, estadual e federal.

O Marajó precisa nesse momento da união de todos aqueles e aquelas dispostos a lutar por um Marajó Forte, para que nossa gente marajoara viva com mais dignidade!!!

Vamos a luta!!! Porque a luta sempre vale a pena!!!

Um comentário to ''IDH MARAJÓ | Movimento Marajó Forte requer a realização de Sessão Especial na ALEPA e na Câmara Federal para debater os baixos indicadores sociais da região"

ADD COMMENT
  1. É de observar que, as cidades com piores IDH's do País ( Brasil ), tipico de uma cultura baseado em valores internos, nota- se, portanto, a falta de coerencia e fiscalização nestas areas. Ou seja, a ausencia de ''bons cidadão'' da parte do poder constituinte.
    Caso esse que, é notório a CORRUPÇÃO ativa neste lugares, onde o indice de alfabetização é minimo, possibilitando assim agir em falso com a população.

    ResponderExcluir