Nossa Bandeira é o Marajó!!! Junte-se a nós!!!

Notícias

AMAM | Universidade Federal do Marajó foi pauta de reunião de Prefeitos Marajoaras

By Movimento Marajó Forte - terça-feira, 25 de junho de 2013 No Comments
Prefeitos Marajoaras e Membros do Movimento Marajó Forte. (Foto: Joabher Bentes/ASCOM-AMAM)


A Presidente da AMAM Sr.ª Consuelo Castro, presidiu a primeira reunião de prefeitos que ocorreu às 10 horas do dia 21 de Junho de 2013, em Belém, no Auditório Dalcídio Jurandir na AMAM.


A reunião teve como objetivo dar continuidade às atividades da associação que passa pela necessidade imperiosa de deliberação sobre assuntos de extrema relevância para os municípios marajoaras.

O referido encontro discorreu sobre as seguintes pautas:

- Prospecção de Petróleo - impactos e desafios no Marajó;

- Demandas referentes a convênios e Projetos municipais; Matadouros, Portos, Aeródromos;

- PL IGEPREV e IASEP;

- Linhão do Marajó- Andamento e perspectivas de conclusão; 

- Bolsacreto (projeto construção);

- Monitoramento das Repartições Públicas;

- Marcha dos Prefeitos:

· Definição de pauta, para Agenda Municipalista - Famep;

. Definir pauta para reunião com bancada Federal em Brasília dia 09/07/2013;

. Deliberar sobre a data do Encontro de Prefeitos que deverá ocorrer no município de Muaná;

- Movimento Marajó Forte - Criação da UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARAJÓ.

O Aumento do FPM e Universidade federal no Marajó foram destaques no encontro de prefeitos.

A reunião, com uma extensa pauta de assuntos de interesse da população marajoara, foi conduzida sob o comando da nova presidente, a prefeita de Ponta de Pedras, Consuelo Castro e participação de vários prefeitos, assessores, representantes da Celpa, da Secretaria de Articulação Municipal do Governo do Estado e da Famep e, de representante dos Movimento Marajó Forte.
Marluth Fialho (MMF) apresentando a demanda para os Prefeitos Marajoaras e demais autoridades presentes. (Foto: Joabher Bentes/ASCOM-AMAM)

A Coordenadora do Movimento Marajó Forte, Marluth Fialho, apresentou a demanda da Universidade Federal do Marajó, pontuando todas os acontecimento relacionados a demanda, desde o Plano Marajó, passando pelas proposições que tramitam no congresso nacional, das iniciativas na Assembléia Legislativa, dos mutirões de coleta de assinaturas nos municípios marajoaras, do apoio da Universidade Federal do Marajó para a elaboração do Projeto da futura universidade e, finalizando com a apresentação dos dados que subsidiam a demanda (dados relativos ao ensino na região). E, cobrou mais empenho dos prefeitos marajoaras e da AMAM na luta e na apresentação da demanda ao Governo Federal para que esta universidade venha a ser criada e, possa beneficiar milhares de jovens marajoaras. Os prefeitos presentes e a AMAM se comprometeram a pressionar o MEC para a implantação da Universidade Federal do Marajó ainda nesta década, de maneira a preparar o jovem marajoara para um novo tempo e, para possibilitar o aumento do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da região.

Prefeita Consuelo Castro, Presidente da AMAM, assumindo compromissos com  a demanda pela criação da Universidade Federal do Marajó. (Foto: Joabher Bentes/ASCOM-AMAM)
Prefeito Xarão Leão (Breves) articulando ações e parcerias com o Movimento Marajó Forte.

Leia abaixo o resumo das demais pautas da reunião:


REDE CELPA
Os representantes da Rede Celpa, tendo a frente a engenheiro Álvaro Bressan, falaram sobre a continuidade das obras de energização do arquipélago através do linhão já existente que atende Breves, Portel e Melgaço, e o cabo subfluvial que vai se estender de Barcarena até Ponta de Pedras, sob a baia do Marajó, energizando o restante da região além de oferecer cabos de fibra ótica para internet banda larga de qualidade e preço baixo. A Celpa promete concluir toda a rede até 2016.

MATADOUROS
A representante do Governo do Estado, Gorete Gomes, falou sobre o projeto de matadouros, em que os prefeitos podem contar com apoio estadual para implantar os seus, de maneira a oferecer à população uma carne de qualidade com higiene e segurança para o consumo. Falou ainda sobre as dívidas que as prefeituras têm com o IGEPREV e a melhor maneira de liquidar essas contas que vem se arrastando há mais de uma década.

AERÓDROMOS
Quanto aos aeródromos, segundo Gorete os projetos executivos estão concluídos cabendo aos prefeitos cederem as áreas para implantação dos campos de pouso e decolagem de aeronaves que voam na região.

MARCHA DOS PREFEITOS
A marcha dos prefeitos para Brasília, em julho, também foi motivo de discussão sobre a pauta de prioridades a ser apresentada ao Governo Federal. Mais de 10 prefeitos já confirmaram a ida e os principais pleitos são o aumento de 2% no Fundo de Participação dos Municípios para dar conta das obrigações das prefeituras com a educação, saúde, assistência social, elevação do salário mínimo e tantas outras. 

(ASCOM/AMAM)

No Comment to " AMAM | Universidade Federal do Marajó foi pauta de reunião de Prefeitos Marajoaras "